Dermatologista Centro Cabo Frio: Centro Médico Irapoan Pimenta Rua Arísio Gomes Batista, | nº 33, sala 206 | Jardim Flamboyant. 

Tel: (22) 3053-7374

(22) 99717-7623

Dermatologia Pediátrica

Dra Carolina Ottoni - Dermatologista. CRM 52 6383-3

A pele das crianças muitas vezes é  acometida por transtornos, que podem ir desde um simples ressecamento,  até Viroses Comuns da Infância. 

Logo no início da vida, alguns bebês apresentam sinais na pele, como os Angiomas ou Nevus, que devem ser avaliados pelo dermatologista. São sinais vermelhos ou escuros, respectivamente, que requerem cuidados especiais!

Ainda na fase inicial da vida, alguns bebês que são alimentados pelo leite materno, apresentam uma casquinha grossa no couro cabeludo, que é a Crosta Láctea, oriunda dos hormônios maternos.

 

Neste caso, a criança deve continuar com a alimentação materna e são prescritos produtos para o tratamento local.

A Dermatite Atópica ou Eczema Atópico, é  uma doença  de fundo alérgico, familiar, desencadeada por mudança de tempo,  poeira domiciliar, pêlos de cachorro ou gato, ácaros e outros fatores ambientais e que, muitas vezes se apresenta desde o primeiro trimestre de vida, outras vezes mais tarde. Se caracteriza por manchas avermelhadas na face, pescoço e outras dobrinhas da criança, com ressecamento da pele e agitação do bebê,  uma vez que o pequenino, não sabendo coçar,  manifesta esse sintoma através  do choro e agitação. 

 


Em casos mais acentuados, podemos ver feridas nessas áreas. 

Na criança em idade escolar, vemos o caso do Molusco Contagioso, que é  uma virose que se manifesta com "bolinhas" como se fossem verrugas na pele. Apesar do nome, ela acomete mais a mesma criança,  que se contamina em várias partes do corpo, do que outras crianças,  já  que para ser adquirido, é  necessário que a criança tenha baixa imunidade específica para este vírus!

As micoses, são lesões mais claras ou mais escuras que a pele normal, com descamação  na sua periferia, e com coceira acentuada!

 


É a famosa "impinge", que quando acomete o couro cabeludo,  deixa uma área sem cabelo, mas que com o tratamento adequado e no momento certo, na grande maioria das vezes, volta ao normal!

Muitas crianças nesta fase escolar, também  apresentam manchas claras e ásperas  na pele, que parecem ser "pano branco", e que não são,  mas sim, uma característica de criança alérgica - é a Eczemátide.

Mais à frente, com a criança mais crescida, vimos muitos casos de Verrugas, que podem aparecer na pele como um todo, mas que às  vezes  surgem próximo às unhas, gerando as Verrugas Periungueais, de difícil  tratamento. 

A Alopecia Areata é um outro transtorno que leva crianças e  adolescentes ao dermatologista. Se caracteriza por área arredondada de queda de cabelo, sem nenhuma outra alteração,  sem sintomas de coceira ou dor, na maioria das vezes como lesão única no couro cabeludo. Tem tratamento e está  intimamente relacionada com fatores emocionais!

Já na adolescência, recebemos muitos clientes com o quadro de Acne, aquele conjunto de lesões: cravos, espinhas, nódulos e cistos na pele do rosto e do tronco, em meio à muita oleosidade, típica dos hormônios produzidos na puberdade, mas que o tratamento desde os primeiros sinais, é  muito eficaz e evita as cicatrizes inestéticas!

A Hiperhidrose, aumento do suor nas axilas, mãos e pés, assim como a Bromidrose, odor forte nas axilas, também são  queixas comuns na fase da adolescência e pré adolescência. 

Este foi um resumo de situações que podem acometer as crianças até chegar a fase adulta, então, responsáveis, vamos ficar atentos aos pequenininhos, que dependem do nosso cuidado!!

Fazer a inspeção na pele das crianças e adolescentes é sempre importante!!

 

Lembrando que a pele é  um órgão  que expressa muitas vezes o estado emocional da pessoa, e através da manifestação de algumas lesões de pele, podemos ajudar o psiquismo das nossas crianças e adolescentes!!

 


Vamos ficar atentos!

Gostou do texto? Compartilhe para que seus amigos também fiquem informados. Até o próximo!

Dermatologista para bebê em cabo frio: também escrevi um artigo sobre Cuidados com a pele do bebê. Para ver é só clicar no botão abaixo.